Data: 19-Ago-2019
De: Rômulo Melo de Mendonça.
Cidade: não mencionada
Assunto: Inquisição
***
Olá! Gostaria que me ajudassem. Estou cursando história e precisarei comentar sobre o Malleus Maleficarum, que é um documento pelo qual a Igreja Católica é muito atacada por rebaixar as mulheres e outras coisas.
Bem, o que eu notei é que geralmente os trabalhos acadêmicos que envolvem o assunto são de viés feminista, ideologia de gênero ou LGBT.
Sabe-se que o livro foi proibido pela Igreja Católica, mas alguns trabalhos que li disseram que isso não conteve a influência que ele exerceu sobre os tribunais inquisitoriais.
Enfim, o que eu gostaria é que me iluminassem nessa questão e que, se possível, me indicassem livros que tratem do assunto sem as lentes sujas de ideologias.
***
Resposta

 

Prezado Romulo Salve Maria.

 

O documento referido Malleus Maleficarum, não foi documento da Igreja, nem aprovado por Ela. Escrito por um par de monges perturbados foi condenado pelo bispo local assim que foi publicado.
Foram os monges proibidos de o republicarem, mas mesmo assim o fizeram, sendo por isso excomungados, ou seja colocados para fora da Igreja.
O documento apesar de ter tido ampla circulação na Europa, foi sempre condenado pela Igreja e pela Inquisição que jamais o utilizaram. Mais tarde foi mesmo colocado no Index.
Malleus Maleficarum é obra realmente péssima, paranóica e  imoral.  O Documento claramente contém uma visão distorcida da mulher que jamais pode ser defendida, com a qual a Igreja nunca compactuou.
Espero tê-lo ajudado
Laura Palma

Leave a Reply