234- Bispo Dom Roque Paloschi Dá a Sagrada Eucaristia Para Um Herege Luterano

Data

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
image_pdfConverter em PDFimage_printPreparar para impressão

Orlando Fedeli

Bispo Dom Roque Paloschi Dá a Sagrada Eucaristia Para Um Herege Luterano 

 

  • Localização: Campina Grande – PB – Brasil
  • Escolaridade: 2.o grau em andamento
  • Profissão: Estudante
  • Religião: Católica

 

Olá Professor Orlando!
Eu sei que o senhor é muito atarefado e que suas ocupações tiram o seu tempo, mas peço sua atenção.
Como o senhor já disse que não tinha televisão em sua casa, vou contar algo que aconteceu na ordenação do novo bispo de Boa Vista, Dom Roque Paloschi…

“Eu estava visitando a de casa minha avó e quando eu cheguei ela estava assistindo uma missa televisada de hoje em dia, e eu fui assistir junto com ela. Era a ordenação do novo bispo de Boa Vista, Dom Roque Paloschi. De início o lugar já era inadequado, um ginásio esportivo! E mais chamado de “Totozão”! Toda a ordenação era feita em português, as peças liturgicas eram trazidas pelos parentes e pela primeira catequista dele, estava uma banda da RCC, e também aconteceu uma coisa estranha: A Ladainha dos Santos. Como se sabe a Ladainha deve ser feita em Latim e com solenidade, mas ela foi feita em ritmo de forró, totalmente em português e toda alterada contendo santos como: Santa Paulina e BEATO Frei Galvão, que nem santo é. Proclamado bispo, Dom Roque continuou a celebração na “parte” das ofertas — e que ofertas– elas foram trazidas além do Pão e do vinho foi trazido mandioca, milho e etc. Para “saudar” o novo bispo vieram um agricultor que ofereceu um chapéu de palha, um índio deu um colar e um cocar e o bispo colocou o os dois! e Terminou a missa com eles! E também é claro haviam garotas dançando do lado do altar ao ritmo da música que eu nem sei que era o ritmo. Pelo menos graças a Deus elas estavam bem vestidas! Chega a hora da consagração, pelo menos nessa hora ele tirou o cocar… ocorreu naturalmente, mas tinha algo espantososo além de haver vários bispos do norte do Brasil, adivinha quem apareçeu? Um Pastor LUTERANO! O Pai Nosso, foi um Pai nosso “Ecumênico”, e o pior de tudo, Dom Roque dá a sagrada Eucaristia ao pastor, como se fosse um presente qualquer! Para destribuir a Eucaristia, foi usados ministros da Eucaristia desnecessários, pois havia mais de 10 bispos e mais de 30 padres! Por mais que houvesse 6 mil pessoas no ginásio, os bispos estavão com tanta preguiça assim? No final da destribuição da Eucaristia, ainda na missa o pastor, a irmã do bispo falaram sobre ele como se fala num aniversário! E aí termina se a missa cheia de sacrilégios…”

É…
Peço encarecidamente sua resposta e publicação da carta para mostrar os sacrilégios ocorridos nessa ordenação…

Agradeço

Do seu irmão em Cristo

 

———-

 

Muito prezado,
Salve Maria!

Agradeço-lhe suas informações e sua confiança em nós.

É realmente lamentável que um Bispo, em sua sagração episcopal permita tantos abusos com relação à Liturgia e à Eucaristia. Parece até que ele nem leu a encíclica do Papa João Paulo II, Ecclesia de Eucharistia, e a Declaração Redemptionis Sacramentum, que condenam todos esses abusos. E o pior de tudo foi ele dar a comunhão para um herege luterano.

Se isso acontece com um sacerdote escolhido para o Episcopado, imagine-se que abusos não serão cometidos pelos simples sacerdotes! Esse Bispo dá um mau exemplo escandaloso. Como foi ele escolhido para ser Bispo, se revela tão péssima formação ?

São abusos como esses que escandalizam o povo, e o levam a descrer, infelizmente, do que a Igreja ensina.

Deus tenha piedade de nós.

Escreva-me sempre,

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

image_pdfConverter em PDFimage_printPreparar para impressão