1

349- Jejum e Abstinência

Orlando Fedeli

Jejum e Abstinência 

 

  • Localização: São Paulo – SP – Brasil

 

 

Gostaria de saber porque não comemos carne na sexta-feira Santa. O que representa esse gesto, qual o fundamento histórico e qual passagem da Bíblia que nos pede isso.

Gostaria de entender o que significa a “adoração da cruz”. Porque beijamos a cruz? o que representa esse gesto, qual fundamento histórico e qual passagem da Bíblia que nos pede isso.

Muito obrigada.

 

 

———-

 

Muito prezada, salve Maria!

A prática do jejum e da abstinência nos foram ensinadas por inúmeras passagens da Escritura, mas principalmente pelo exemplo divino de Jesus que jejuou no deserto durante 40 dias seguidos, como contam os Evangelhos.

Como a carne é o alimento mais substancioso, abstemo-nos dela, na sexta-feira santa, para unir-nos ao sofrimento de Cristo. A Cruz de Cristo foi o instrumento de nossa Redenção. A cerimônia de adoração da Santa Cruz tem por fim agradecer a Deus por nossa Redenção.

Permita-me fazer -lhe uma observação.

Qual o fundamento bíblico para ler a Bíblia?

Em nenhuma parte da Bíblia se lê a frase: “Leia a Bíblia”.

Você erra julgando que tudo tem que ter base na Bíblia. São das as fontes da Revelação: a Sagrada Escritura e a Tradição.

Veja por exemplo, Cristo, ao discutir com os fariseus, os acusa de culpa

por todo o sangue justo que se tem derramado sobre a terra, desde o sangue do justo Abel até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que vós matastes entre o Templo e o altar” (Mt., XXIII, 35).

Ora, muito se discute quem seria esse personagem, pois que em nenhum lugar da Bíblia se fala claramente desse Zacarias, filho de Baraquias.

De onde tirou Cristo esse fato? Não foi da Bíblia, mas da tradição.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli