1

627- O Que Faz o Opus Dei?

Orlando Fedeli

O Que Faz o Opus Dei?

 

  • Localização: Curitiba – PR

 

Prezado Professor Orlando

Há alguns meses atrás enviei alguns e-mails para o senhor através do site, demonstrando o meu interesse pela doutrina católica, principalmente através das obras de Santo Tomás de Aquino. Na época o senhor até me convidou para assistir uma série de palestras em São Paulo, mas infelizmente eu não pude comparecer.
Lendo as últimas notícias do site me alegrei por ver que o senhor virá a Curitiba. Gostaria de desde já receber informações de como participar da palestra.
Aproveitando a oportunidade, gostaria de ouvir a opinião do senhor a respeito da Opus Dei. Peço isto, porque nas últimas semanas passei a freqüentar o Centro Cultural Universitário. Na verdade apenas assisti a algumas pequenas palestras feitas pelo padre de lá, o qual também agora está sendo o meu diretor espiritual. Sinceramente, já ouvi muitas críticas a respeito da Opus Dei, mas posso dizer pela pequena experiência que eu tive que parece se tratar de um verdadeiro reduto da ortodoxia: missa em latim, padres de batina, ensinamento moral tradicional, devoção a Maria e direção espiritual, isto é, padres realmente preocupados com a vida espiritual dos fiéis.
Em meio ao caos que temos que contemplar a cada dia dentro da Igreja, a Opus Dei me pareceu permanecer fiel à Tradição e ainda por cima ter prestígio dentro da Igreja, pois pelo que eu sei ela teve grande apoio do Papa João Paulo II e agora igualmente do Papa Bento XVI.

Até mais.

Pax Domini.

———————–

Muito prezado,
salve Maria!

Fico bem contente com a possibilidade de vir a conhecê-lo.
O Opus se apresenta como muito tradicional e assim arrebanha muitos moços excelentes. Mas, depois, lá dentro as coisas mudam.
Que faz o Opus no Brasil?
Nada.
Que recolhe o Opus no Brasil? Dinheiro e almas.
O dinheiro, o Opus usa.
As almas também.
Você leu o livro do Jean Lauand que acaba de sair sobre o Opus?
Seria interessante que o lesse, embora o Lauand se revele um liberal e contrário ao que o Opus tem de bom. Mas o que assusta no Opus é sua contradição profunda. Lá dentro é só missa antiga. Fora é Missa nova. Lá dentro é saia obrigatória para as mulheres. Fora, é calça comprida. Obriga-se a usar cilício, e se permite o palavrão. O padre reza o breviário e (…) em público. (Leia o livro do Lauand na página 164).
Ao ler o livro do Lauand fiquei impressionado como o Opus parece a TFP
O Opus é uma TFP que deu certo, monetariamente e politicamente. Mas como a TFP, lá existe um metodo semi secreto que arrasa as almas e produz — como testemunha o Lauand — muitos problemas psíquicos.
Lauand mostra como se empregavam lá dentro manobras para enganar até o papa João Paulo II, e como, mesmo lá dentro, se acredita bem pouco na santidade de “el padre”
E se você disser ao padre que vai assistir uma palestra minha, imediatamente ele vai proibi-lo.
O Opus é exclusivista; é só ele. Parece que se identifica com a Igreja. Como a TFP.
Reze e espere
Eu rezarei por você e o esperarei em minha palestra, dia 17, em Curitiba.
Um forte abraço.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli