1

684- Bento XVI Vai Decepcionar Vocês!

Orlando Fedeli

Bento XVI Vai Decepcionar Vocês!

 

  • Localização: Rio de Janeiro

 

É patético ver como Orlando Fedeli e os demais montfortianos* estão depositando altas esperanças no pontificado de Bento XVI. Acreditam que o Papa ira restaurar a tradição na igreja, irá “revogar” o Vaticano II (apesar dele ter sido um dos seus teólogos mais atuantes), irá rechaçar o ecumenismo e os protestantes (apesar dele ter colocado o ecumenismo entre as principais prioridades do seu pontificado), irá acabar com o diálogo inter-religioso (apesar dele vir insistindo na importância desse diálogo), enfim, que o Papa será o “herói” dos tradicionalistas! Acontece que Bento XVI é muito mais inteligente do que os senhores possam imaginar! Seu pensamento teológico, conquanto fiel à tradição católica, é incomparavelmente mais refinado do que supõe a teologia montfortiana. Sugiro, à guisa de exemplo, que reflitam sobre esse discurso de Bento XVI: http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/speeches/2005/august/documents/hf_ben-xvi_spe_20050819_ecumenical-meeting_po.html .
Não, senhores. Bento XVI não será o herói que os senhores estão esperando. Se de um lado Bento XVI procurará levar em consideração as reivindicações dos tradicionalistas, nem por isso deixará de lado o diálogo ecumênico e inter-religioso, como os senhores gostariam. Ademais, Bento XVI NÃO irá revogar o Vaticano II. Desistam dessa idéia tola, senhores! O que foi iniciado no Vaticano II é algo irreversível e irrefreável. O que Bento XVI fará serão pequenos ajustes, e isso com a competência e com a autoridade (não só magisterial mas também intelectual) que lhe são próprias. É preciso ser muito parvo para não perceber isso, ou então não conhecer nada do pensamento e da obra de Joseph Ratzinger. Ou então as duas coisas.

Bento XVI os irá decepcionar. Podem escrever.

——————————-

Muito prezado,
Salve Maria.

Então, você é um protestante que ama o Concílio Vaticano II?
Ou que, no mínimo, aceita algo do Vaticano II?
Então, você é um protestante que acredita no Papa ?…
Ou que, no mínimo, tem esperanças em Bento XVI?
Claro que esperanças contrárias às minhas, eu sei.
Mas tem esperanças…
Então, você será o primeiro portestante que vai ficar católico através do ecumenismo?
Ou você acha que o Papa é que vai ficar protestante?

Um homem sempre pode decepcionar. O Papa, enquanto fala como Papa, com o poder dado por Cristo a São Pedro, jamais.
E a Divina Providência nunca decepciona.
E a Virgem Maria em Fátima prometeu a vitória através de um Papa que será morto subindo uma montanha com a Cruz. Subindo a um altar.
Será Bento XVI que trará o triunfo da Igreja sobre as heresias atuais, inclusive sobre o relativismo?
Só Deus o sabe.

Por enquanto sei de algumas coisas.
Sei que Bento XVI condenou, em Regensburg, o Sola Scriptura de Lutero.
Sei que condenou o irracionalismo da filosofia do protestante Kant.
Sei que ele condenou também a Teologia Liberal do protestante Harnack.
Sei que ele condenou, em Regensburg ainda, o Método histórico crítico de Harnack e de Loisy.
Sei que ele condenou, em Verona, mais uma vez, o relativismo doutrinário.
Sei que o ecumenismo do Concílio Vaticano II é o relativismo doutrinário aplicado ao campo religioso.
Sei que Cristo prometeu que as portas do inferno não prevalecerão sobre a Igreja católica.
Sei que Nossa Senhora esmaga todas as heresias esmagando a cabeça da serpente.

…E confio em Deus.

Portanto, se não for Bento XVI que dará a vitória à Igreja, será, logo mais, outro Papa.
Mas rezo por Bento XVI, porque é o Papa, e porque tanto ódio está despertando entre os ecumênicos que tudo toleram.
Menos a Missa de sempre.
Meu caro, você é que estará decepcionado, no final da batalha.
Passe mal, como o filho pródigo, para afinal, converter-se e passar bem.
E quando se cansar de comer as bolotas de Lutero, volte para a casa do Pai que é a Igreja Católica Apostólica Romana, fora da qual não há salvação.

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli.
PS. As bolotas são bem amargas, não é verdade? OF

*O professor Orlando Fedeli foi presidente da Associação cultural Montfort de 1983 a 2010.