1

763- Cavaleiros Templários e Maçonaria

Orlando Fedeli

Cavaleiros Templários e Maçonaria

 

  • Localização: São Bernardo do Campo – SP

 

Salve Maria!

Prezado Sr.,

Gostaria de mais informações a cerca do tema, pois certas vezes me deparo com livros e outras posições de pessoas que dizem que os templários e a maçonaria se confundiam… Fico extremamente irritado, pois sei que os templários faziam parte da Igreja, e de forma alguma teriam influencia ou contatos com tal seita… Por isso, gostaria de obter mais informações a cerca do tema!

In corde Jesu et Maria.

 

—————

 

Muito prezado,
Salve Maria!

Esse tema dos Templários é bastante complexo. Acaba de ser reeditado, na França, um livro muito documentado, — e que estou lendo – sobre esse problema. O livro se chama Les Templiers – une Chevalerie Chrétienne au Moyen Âge, (Seuil, Paris, 2005). Seu autor é Alain Demurger.
Logo que o tiver lido, tratarei dele em trabalho, no site Montfort*.
Os Templários foram perseguidos pelo Rei Felipe IV, o Belo.
O processo foi iníquo. Aproveitando-se de erros doutrinários e escândalos que realmente haviam se infiltrado na Ordem, o Rei Felipe o Belo, pressionou o Papa Clemente V, a que fechasse a Ordem.
No processo, houve muitos abusos, e, até hoje, não se conhece o quanto, de fato, havia de heresias e escândalos na Ordem do Templo, e qual foi a real extensão do mal lá praticado, às ocultas.
Pena foi que o papa Clemente V — dominado pelo rei francês — tivesse fechado a Ordem, em vez de apenas reformá-la, eliminando os erros e abusos existentes.
Dessa injustiça do Papa Clemente V, aproveitaram-se certas seitas secretas para se dizerem descendentes dos Templários.
E nisso há muito de fábula e de astúcia .

In Corde Jesu, semper,
Orlando Fedeli

 

*O professor Orlando Fedeli foi presidente da Associação cultural Montfort de 1983 a 2010.