Indicações de livros, orientação sobre música e devoção

Data

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Data: 19-Ago-2018
De: Rafaela
Cidade: –
Assunto: Indicações de livros, orientação sobre música e devoção

***

Salve Maria!
Olá, eu tenho algumas perguntas.
Eu tenho alguns parentes e amigos que eu gostaria que se convertessem à fé católica, tenho dificuldade de fazer apostolado e não tenho um conhecimento profundo da doutrina da Igreja, por isso, gostaria de dar livros à essas pessoas. Pensei em dar o livro: Razões para crer de Scott Hahn. Se esse livro não for bom, vocês poderiam me indicar um livro para esse fim?
Segunda pergunta: as músicas e danças flamenca e sevillana da Espanha e as rancheras e músicas tradicionais mexicanas são ruins?
Terceira pergunta: como escolher a devoção de Nossa Senhora, por exemplo, de Fátima, de Guadalupe e etc., e como escolher o santo de devoção?

***

Resposta

Prezada Rafaela,

Salve Maria.
Para ajudá-la em sua exclente intenção em fazer com que seus parentes se convertam, as recomendações que eu lhe daria sãoas seguintes:
1. Reze. É u meio onipotente. Nosso Senhor prometeu que tudo que pedíssemos em nome dele nos seria concedido. O terço é a oração por exclência; 
2. Para saber responder melhor às questões que lhe farão, estude. Comece com o Catecismo Maior de São Pio X. Mais tarde, estude também o Catecismo Romano. Sobre temas específicos (existência de Deus, protestantismo, devoção a Nossa Senhora, evolucionismo, etc.) você pode encontrar aqui no site http://165.227.105.11/excelente material de estudo;
3. Para dar-lhes livros, eu recomendaria começar com A Oração de Santo Afonso de Ligório; os livros de Santo Afonso, em geral, são fáceis de ler e já conquistaram muitas almas. O livro que você menciona, não conheço.
Nossa Senhora a ajude. Recorra a Ela e você obterá todo o bem que desejar.
Salve Maria.
Ivone Fedeli