Deus escolhe pessoas?

Data

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Data: 26-Fev-2019
De: Almir Lopes Moreira Filho.
Cidade:
Assunto: Sobre se “Deus escolhe pessoas?

***

Salve Maria!

Parabéns pelo site. Graças a Deus a verdade católica é exposta, defendida e ensinada por vocês.
Uma dúvida me incomoda. Ela, imagino, está vinculada à doutrina da graça, razão pela qual faço as perguntas abaixo, aliás, compilei:

“Deus escolhe pessoas? Por quê?
Se Deus escolhe pessoas, ele ama mais alguns do que outros? Por quê?”

***

Resposta

Muito prezado Almir, salve Maria!

Obrigado pelas palavras de apoio a este pequenino trabalho. Contamos com suas orações para que possamos ter sempre como fim único a maior glória de Deus Nosso Senhor. E que o trabalho não sucumba em meio a tantas tempestades.

Deus nos criou a todos para o céu. Sem exceção.

Por isso a todos Ele concede graças mais que suficientes para que se salvem. “Mas onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rm 5,20). E também: “Não vos sobreveio tentação alguma que ultrapassasse as forças humanas. Deus é fiel: não permitirá que sejais tentados além das vossas forças, mas com a tentação, ele vos dará os meios de suportá-la e sairdes dela.” (1Co 10,13).

Ninguém é, portanto, predestinado ao inferno. Todas as almas criadas por Deus foram criadas para o céu.

E se alguém se perder é porque usou mal de sua liberdade, abusando da misericórdia divina.

Deus faz de tudo para que nos salvemos. De tudo. Até morrer na cruz entre dois ladrões. A única coisa que Ele não faz é nos forçar a irmos para o céu, nos levando acorrentados, à força, para lá.

Deus nos convida a todos e nos ajuda a irmos para o céu. Mas não nos obriga. Ele respeita a liberdade que nos concedeu.

Isso não quer, contudo, dizer que Deus nos ama a todos de forma igual. Deus é contra a igualdade.

E isso é fácil de se constatar. Embora Deus nos ame a todos e queira nos salvar a todos, é claro e cristalino que ele ama mais Nossa Senhora. Para ela Deus concedeu graças que não concedeu a outros. E assim é com todos. Todos somos amados imensamente por Deus, muito mais do que merecemos, mas não todos de forma igual.

Recomendo-lhe que leia este artigo do Prof. Orlando Fedeli sobre o tema da igualdade:

http://165.227.105.11/desigualdade-igualdade-consideracoes-sobre-um-mito/

E assista a esta aula:

https://www.youtube.com/watch?v=Q-NL2i7gVII

https://www.youtube.com/watch?v=nK15PFweGKM

Escreva-nos sempre que desejar.

Salve Maria!

André Melo